PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Homem confunde policiais com integrantes de grupo rival e acaba baleado após apontar arma para Rotam, em Sarandi


Um homem, identificado como Wellington Fernando da Silva, de 26 anos, foi baleado pela Polícia Militar na noite deste sábado (11) no bairro Jardim Novo Independência, em Sarandi. Segundo a PM, os policiais atiraram porque o suspeito teria apontado uma arma para eles durante uma abordagem.

📲SIGA O ACONTECEU MARINGÁ NO INSTAGRAM: CLICA AQUI.

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM recebeu uma denúncia anônima de disparos de arma de fogo em uma área de lazer na Rua Rei Zumbi dos Palmares. Policiais militares das equipes Rotam de Maringá e Sarandi foram acionados e encontraram uma chácara com muros altos e portão fechado, sem visibilidade para o interior.


Dois policiais subiram no muro utilizando uma escada, enquanto os demais bateram no portão identificando-se como policiais. Foi nesse momento que Wellington Fernando atendeu o portão com uma pistola Taurus calibre 380 apontada para os policiais.

Diante da ameaça iminente, os militares realizaram um único disparo que atingiu o tórax do suspeito. Questionado sobre o motivo de apontar a arma para os policiais, ele relatou que pensou serem integrantes de um grupo rival que o teria jurado de morte.

Socorristas do Corpo de Bombeiros e equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e encaminharam o indivíduo ao Hospital Metropolitano de Sarandi, onde permanece sob escolta policial, consciente e orientado.

Segundo informações da polícia, Wellington possui uma extensa ficha criminal, incluindo tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, e estava em liberdade temporária para o Dia das Mães, utilizando uma tornozeleira eletrônica.
 

Postar um comentário

0 Comentários