PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Morre no hospital homem que foi baleado junto com o sobrinho em Maringá


Morreu na UTI do Hospital Universitário de Maringá o pintor Marcos Rodrigues dos Santos, de 58 anos. Ele foi baleado no dia 30 de janeiro no bairro Jardim Ouro Cola.

Marcos estava acompanhado do sobrinho Eunatã Rodrigues dos Santos, de 25 anos, que era o alvo dos atiradores. A equipe do Pelotão de Choque de Maringá apreendeu uma escopeta calibre 12 e munições utilizadas na execução.

Duas blusas semelhantes às utilizadas pelos assassinos também foram apreendidas. A arma foi encontrada escondida em meio a uma mata nas proximidades de onde o crime ocorreu.

O CRIME

Um carro onde estavam tio e sobrinho foi alvo de tiros no bairro no bairro Jardim Ouro Cola, em Maringá, na manhã desta terça-feira (30). As vítimas foram atraídas por um suposto cliente para realizar um serviço de pintura. Um vídeo mostra a fuga dos atiradores.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, militares foram acionados para atenderem o caso. Ao chegarem ao local, testemunhas informaram que ao parar o carro Rua Miss Maria Marta Mantovani, tio e sobrinho foram surpreendidos por homens armados com pistola e escopetas calibre 12. Utilizando balaclava, os criminosos atiraram diversas vezes contra as vítimas.

O tio identificado como Marcos Rodrigues dos Santos, foi socorrido em estado grave e encaminhado ao Hospital Universitário de Maringá. O sobrinho identificado como Eunatã Rodrigues dos Santos, de 25 anos, que seria o alvo dos atiradores foi atingido por diversos disparos e morreu no local. O carro ficou crivado de bala. Os criminosos fugiram na sequência. O suposto carro utilizado pelos criminosos, um VW Fox, foi localizado nas proximidades do crime.

Em conversa com os policiais, Marcos Rodrigues relatou que o crime pode estar relacionado ao tráfico de drogas, já que o sobrinho era usuário de drogas.

O local foi isolado e o Instituto de Criminalística acionado. Após o trabalho da perícia, o corpo foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal de Maringá. Vários cartuchos de escopeta calibre 12 e cápsulas de pistola 380, foram recolhidos próximo ao veículo. O perito ainda localizou no bolso de Eunatã R$ 4 mil reais em dinheiro.

O carro utilizado pelos criminosos foi periciado pelo Instituto de Identificação que recolheu impressões digitais deixadas no veículo. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Maringá.
 

Postar um comentário

0 Comentários