PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Pai morre e filha fica gravemente ferida após serem baleados, em Sarandi


Um homem, de 56 anos, morreu e a filha dele, de 29 anos, ficou gravemente ferida após serem baleados, na noite desta quinta-feira, 14 de dezembro, em Sarandi. Segundo a Polícia Militar (PM), as duas vítimas estavam em uma residência localizada na Rua Aquidauana, no Jardim Esperança, em Sarandi.


Dois atiradores desceram de uma moto, invadiu a residência e atiraram diversas vezes na direção da Cleiciane Aparecida Evangelista que estava nos fundos da casa. Na tentativa de fugir dos tiros, ela correu para um dos quatro do imóvel onde o pai dela estava dormindo.

João Maria Evangelista foi atingido no tórax e morreu antes da chegada das equipes de resgate. Cleiciane foi atingida por cerca de cinco tiros e foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Bom Samaritano.

Uma terceira pessoa que estava na casa conseguiu se esconder dentro do guarda-roupa e não ficou ferida. Essa seria a terceira execução que a jovem presenciou. Ela estava no interior de um imóvel onde o namorado foi morto e viu o irmão e um amigo sendo executados.

Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre a motivação do crime, e os suspeitos não haviam sido presos.

De acordo com o Delegado Doutor Adriano Garcia, o alvo dos atiradores seria Cleiciane Aparecida, que é viúva de Jonathan Felipe, de 26 anos, vulgo Jow Jow, que foi executado a tiros no dia 19 de março de 2021. Na época, a esposa e a filha presenciaram o crime. A morte de Jow Jow deu início a uma guerra entre duas facções criminosas na cidade. Pai e filha trabalhavam na Secretaria Municipal de Limpeza Urbana – Semob em Maringá.
 

Postar um comentário

0 Comentários