PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Homem é executado com 20 tiros na cabeça após sofrer quarto atentado em Maringá


João Pedro Marques Fonseca, de 29 anos, foi executado a tiros na manhã desta sexta-feira, 15 de dezembro, na Rua Rio das Várzeas, no Parque Residencial Tuiuti, em Maringá. De acordo com a Polícia Militar, esse é o quarto atentado que o rapaz sofre.

📲PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE WHATSAPP: CLICA AQUI.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima saiu de um posto de combustível na Vila Operária, com a companheira, onde consumiram bebidas alcoólicas. Por volta das 06h30 minutos o casal deixou o estabelecimento comercial e estacionou o veículo em frente à uma residência na Rua Rio das Várzeas.

No momento em que a vítima foi desembarcar do veículo, criminosos em um Chevrolet Corsa e armados surpreenderam João Pedro, que foi atingido por cerca de 20 tiros na cabeça. A equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados e constataram o óbito.

No carro da namorada onde João Pedro estava, havia cápsulas de pistola e marca de tiros de dentro para fora. A polícia acredita que havia uma terceira pessoa no carro, inclusive armado, e teria trocado tiros com os atiradores.

João Pedro que estava com um mandado de prisão em aberto é investigado em vários crimes de homicídios em Maringá.

Carro queimado

O carro utilizado pelos atiradores foi incendiado nas proximidades do Conjunto Requião, onde a vítima morava.

Outros atentados

● 03 de janeiro de 2023, João Pedro Marques Fonseca, de 29 anos, estava no cruzamento da Avenida Franklin Delano Roosevelt, com a Rua Euclides Cordeiro da Silva, conversando e bebendo com um amigo, quando foi surpreendido por dois indivíduos em uma motocicleta de cor preta.

● 15 de novembro de 2019, João Pedro foi baleado em uma tentativa de homicídio em um posto de combustível na Avenida Pedro Taques, com a Avenida Brasil. Na época ele foi atingido na perna e foi socorrido por terceiros.

● 09 de maio do ano 2022, João foi vítima de um novo atentado em uma lanchonete na Avenida Paranaguá. Na época, dois criminosos armados invadiram o estacionamento e atiraram contra ele. Um homem e uma mulher foram vítimas de bala perdida. O crime foi registrado por uma câmera de segurança.

Prisão

● 30 de março de 2021, João Pedro foi preso por investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por envolvimento na morte de Tiago Eduardo Andriotti, de 34 anos. O crime ocorreu na Rua Said Jacob.
 

Postar um comentário

0 Comentários