PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Motociclista que teve a perna amputada durante acidente de moto, morre no hospital


Paulo Sebastião Gonçalves da Silva, 46 anos, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Universitário, devido aos graves ferimentos sofridos em um acidente de moto no dia 21 de outubro, Paulo faleceu na manhã desta quarta-feira (28). 

Paulo morava no Jardim Canadá, em Paiçandu. No dia do acidente, ele teve a perna amputada após bater em uma placa de trânsito na Avenida Laguna, em Maringá.

O Acidente 

Um motociclista ainda sem identificação teve uma das pernas decepadas durante um acidente na tarde deste sábado, 21 de outubro, em Maringá. O caso aconteceu na Avenida Laguna, próximo ao cruzamento com a Avenida Paiçandu.


O motociclista perdeu o controle da moto, bateu violentamente em uma placa de sinalização e caiu. Testemunhas afirmaram que a perna foi arremessada a vários metros do local do acidente. 

O médico doutor Mário Andriolli e o condutor socorrista do Samu Reginaldo, que passavam pelo local, prestaram os primeiros atendimentos até a chegada das equipes de resgate. 

Rapidamente eles fizeram um torniquete improvisado com o próprio cinco da vítima, para estancar a hemorragia da perna do motociclista.  

Na sequência a equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e socorristas do Corpo de Bombeiros, estiveram no local e encaminharam o rapaz em estado gravíssimo ao Hospital Universitário. 

O médico do Samu, doutor Joel, relatou que a ação do médico que já trabalhou no Samu e do condutor socorrista foi fundamental e salvou a vida do motociclista. 




Postar um comentário

0 Comentários