PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Homem morto e que teve o coração arrancado e frito é identificado


Foi identificado no Instituto Médico Legal de Maringá, o homem que foi morto e teve o coração arrancado pelo assassino em Mandaguaçu. A identificação de forma oficial ocorreu após exames de papiloscopia do Instituto de Identificação. Trata-se de Josivaldo Aparecido Honorato, de 41 anos.

O crime

O crime macabro ocorreu na tarde deste sábado, 14 de outubro, na Rua Brasil, em Mandaguaçu. Após desferir vários golpes na vítima, o criminoso colocou uma bíblia em cima do corpo e fugiu do local.


De acordo com a Polícia Militar, o local é frequentado por usuários de drogas e alcoólatras. Durante a madrugada houve uma discussão e o suspeito conseguiu amarrar dois homens.

O terceiro foi covardemente morto com uma enxada. Os dois homens que estavam amarrados tiveram que assistir o assassinato e na sequência foram agredidos.

As vítimas que estavam possivelmente embriagadas conseguiram se soltar somente no início da tarde e buscaram ajuda no hospital da cidade. Lá em conversa com os funcionários comentaram sobre o crime.

A Polícia Militar foi acionada e quando os policiais chegaram no imóvel encontraram o homem já sem vida com uma bíblia sobre o corpo. Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados, mas a vítima já estava em óbito. No local, foi encontrado um prato com partes do coração da vítima. O suspeito frito a outra parte e obrigou um dos homens que estava amarrado a comer.

O Instituto de Criminalística e o Instituto Médico Legal de Maringá recolheram o corpo. A vítima não portava documentos. 

Suspeito

O principal suspeito de cometer o crime foi preso poucas horas depois. A prisão foi realizada pela Patrulha Rural de Mandaguaçu. Ele foi identificado como Cristiano Marques da Silva, de 37 anos.

Postar um comentário

0 Comentários