PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Motorista bêbado é preso ao provocar acidente que matou esposa em Maringá


Virgínia Galvão Martins, de 37 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (25), na UTI – Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santa Casa de Maringá. Ela estava internada desde a tarde do último domingo (24), quando sofreu um gravíssimo acidente de trânsito. 


De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Virgínia estava no banco do passageiro de Fiat Palio, que era conduzido pelo marido. O homem perdeu o controle da direção e bateu contra o guard rail do viaduto da rodovia PR-323, cruzamento com a PR-317. 

Com o impacto da batida, a mulher que estava sem o cinto de segurança bateu com a cabeça na coluna da porta e no vidro lateral. Ela sofreu um traumatismo craniano grave e uma parada cardiorrespiratória. 

Socorristas do Corpo de Bombeiros e a equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados e após vários minutos de reanimação cardiopulmonar, Virgínia foi reanimada e encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Santa Casa, onde morreu horas depois. 

O marido e o filho do casal, um menino de 9 anos, não ficaram feridos. A criança relatou que o pai dirigia em alta velocidade e momento antes quase bateu em um caminhão. A família retornava da prainha de Água Boa, onde passaram a tarde de domingo e lá o homem teria consumido bebidas alcoólicas. 

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Adriano Tomé, de 42 anos, fez o teste do bafômetro que apontou 0,69 ml de álcool por litro de ar expelido. Ele foi preso em flagrante. 













Postar um comentário

0 Comentários