PRINCIPAL POST

6/recent/ticker-posts

Morreu no Hospital Universitário de Maringá segunda vítima de acidente na PR-218

Adriane Matos Pinheiro, 30 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (11), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Universitário de Maringá. Ela foi resgatada de helicóptero após um grave acidente na rodovia PR-218, entre as cidades de Loanda e Santa Cruz de Monte Castello. O motorista do veículo em que ela estava morreu na hora. Outro rapaz foi encaminhado ao Hospital Santa Casa de Paranavaí. 

O ACIDENTE 

Na manhã deste domingo (10), ocorreu um acidente gravíssimo na rodovia PR-218, entre as cidades de Loanda e Santa Cruz de Monte Castello, que deixou uma pessoa morta e duas gravemente feridas.   
Uma das vítimas necessitou de transfusão de sangue ainda no local, segundo informações do Grupo de Operações Aéreas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). 


A vítima dirigia um Ford Fusion quando perdeu o controle e bateu em uma árvore na beira da rodovia. O motorista de 40 anos morreu no local do acidente. Outros dois passageiros ficaram gravemente feridos, e ficaram presos nas ferragens. 

Socorristas do Corpo de Bombeiros de Loanda e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e a equipe aeromédica de Maringá foram acionadas para resgatar as vítimas.   

A retirada das vítimas das ferragens foi muito difícil e demorou cerca de duas horas, segundo o médico Maurício Lemos. Após resgatar a última vítima, a população aplaudiram os esforços das equipes.   

Um dos passageiros, um jovem de 20 anos, foi encaminhado em estado grave ao Hospital Santa Casa de Paranavái. Adriane Matos Pinheiro, 30 anos, sofreu  parada cardiorrespiratória e foi reanimada pela equipe de resgate.   

Na sequência ela foi intubada e a equipe do aeromédico precisou realizar uma transfusão de sangue ainda na cena do acidente. O recurso foi fundamental para que Adriane fosse encaminhada com vida ao Hospital Universitário de Maringá.

Postar um comentário

0 Comentários